Debater as relações étnico-raciais, no campo da saúde e no âmbito das universidades brasileiras, é o objetivo do webinário “Por uma universidade antirracista”. Serão quatro mesas temáticas, realizadas nos dias 3, 10, 16 e 23 de novembro, sempre às 19h, no YouTube oficial da UFCSPA. Para receber o certificado, é necessário se inscrever no SIUR UFCSPA e participar de, no mínimo, três aulas.

Com o intuito de facilitar a participação do público, foi criado um formulário para sugestões de tópicos ou esclarecimentos dúvidas com os palestrantes. Acesse e participe https://bit.ly/PorUmaUniversidadeAntirracista

O webinário é uma iniciativa do Núcleo de Inclusão e Diversidade (NID), organizado pelo Grupo de Estudos Afro-brasileiros (GEAB) e pelo Núcleo Cultural da UFCSPA.

Serão discutidas as relações étnico-raciais, abordando os privilégios da branquitude na formação social brasileira; os sentidos de saúde para pessoas negras e indígenas e a formação profissional neste campo; o acesso de pessoas negras às universidades e os desafios e possibilidades das Ações Afirmativas no Brasil; e as estratégias políticas e pedagógicas dos movimentos negros na contemporaneidade.

A reflexão sobre estas questões é fundamental para se pensar uma sociedade mais justa, na qual enfrentamos uma história de mais de 300 anos de escravidão e lutamos por um presente e um futuro melhor para todos os cidadãos. Confira a programação:

- 03 de novembro (quarta): “Se o novembro é negro, o resto do ano é branco? Pensando os privilégios da branquitude.”

  • Gladis Kaercher, professora da Faculdade de Educação da UFRGS.
  • Roberta da Silva Gomes, psicóloga, mestranda em Psicologia Social (UFRGS).
  • Mediação: Aline Aver Vanin, professora do Departamento de Educação e Humanidades da UFCSPA.

- 10 de novembro (quarta): “Sentidos de saúde para negros e indígenas”

  • Lucas Mendes, médico psiquiatra e pesquisador da Saúde Mental da População Negra.
  • Rejane Nunes, indígena Kaingang, psicóloga e mestranda em Psicologia Social (UFRGS).
  • Mediação: Carlos Vieira, graduando em Medicina da UFCSPA.

- 16 de novembro (terça): “Negras e negros nas universidades brasileiras”

  • Ivete Sacramento, ex-reitora da Universidade Estadual da Bahia (UNEB) e secretária municipal de Reparação de Salvador.
  • Fernanda Bairros, professora do Departamento de Saúde Coletiva da UFRGS.
  • Mediação: Mônica de Oliveira, pró-reitora da PROEXT e professora da UFCSPA.

- 23 de novembro (terça): “Estratégias políticas e pedagógicas no movimento de negras e negros”

  • Gleidson Dias, advogado e integrante do Movimento Negro Unificado (RS).
  • Fernanda Formigoni, graduanda em Ciências Sociais e integrante do Coletivo Negro Minervino de Oliveira.
  • Mediação: Marina Dadico, graduanda em Psicologia da UFCSPA.