Iniciativa visou ao compartilhamento de métodos não farmacológicos para alívio da dor do parto

Ação envolveu enfermeiros de todas as equipes do Centro Obstétrico Mario Totta (Arquivo Pessoal)

Entre os dias 29 de janeiro e 5 de fevereiro, o Centro Obstétrico da Maternidade Mario Totta da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre foi o local de uma série de ações de educação permanente direcionadas a métodos não farmacológicos para alívio da dor do parto. A iniciativa, desenvolvida pela professora da UFCSPA Aline Alves Veleda, o enfermeiro Fabrício da Cunha Moraes e a aluna Mariana Xavier da Silva, visou a capacitar os profissionais de enfermagem vinculados ao hospital para a utilização dessas técnicas na atenção obstétrica.

Realizadas em colaboração com a chefia do setor, as atividades contaram com a participação integral das equipes de enfermagem em todos os turnos. Além das sessões de educação permanente, foram criados materiais instrucionais que foram disponibilizados na unidade de saúde, garantindo a continuidade do aprendizado e a aplicação prática das técnicas abordadas.

"A expectativa é que essa ação contribua para o bem-estar físico e emocional das mães e dos bebês, além de servir como incentivo às ações de educação permanente na saúde", destaca a professora Aline. A docente complementa que o objetivo maior da pesquisa é fortalecer estratégias que busquem o aprofundamento do conhecimento técnico-científico e a melhoria das rotinas de cuidado de saúde no país.