A historiadora da arte e técnico-administrativa Andréia Duprat participou, na segunda-feira, 21, da live Olhares Múltiplos - outras histórias, apresentada pelo educador Leonardo Rocha de Almeida. Andréia falou sobre sua experiência profissional na UFCSPA, onde trabalha há mais de 10 anos. Ela contou sobre seu ingresso na universidade como Técnica de Laboratório/Área em 2009, quando ocorreram concursos públicos para contratação de novos técnico-administrativos. Desde então, ocupa o cargo até hoje e atua no Laboratório de Habilidades e Cuidado Humano, ligado ao Departamento de Enfermagem.

Contudo, a técnico-administrativa não atua apenas na área laboratorial. Andréia integrou a primeira turma do bacharelado em História da Arte da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), onde também concluiu o mestrado em Artes Visuais, com ênfase em história, teoria e crítica, e deve finalizar o doutorado ainda em 2022.

Conciliando seu trabalho na UFCSPA e estudo na UFRGS, Andréia disse que esses distintos percursos profissionais e formativos – no que se refere às áreas e às instituições – propiciaram uma experiência muito boa. "Acho importante que as pessoas procurem desenvolver contato com diversas áreas do conhecimento", afirmou. Além disso, considera muito especial e importante a relação entre o Departamento de Artes e as Ciências da Saúde.

Sobre a produção artística dentro da UFCSPA, Andréia considera fundamental promover atividades culturais com outras áreas na universidade. “A extensão tem na sua natureza a interdisciplinaridade, por isso é um dos pilares da universidade junto com ensino e pesquisa”, destacou. “A arte é uma forma de conhecimento. Assim como posso traduzir o mundo em uma fórmula matemática, química ou em um teorema, também posso traduzi-lo por meio de uma linguagem artística.”

Na edição de 2022 do Olhares Múltiplos, participam como convidadas pessoas que, além de suas atividades na universidade, atuam como produtoras ou agitadoras culturais fora da UFCSPA. A live está disponível no canal do Núcleo Cultural no YouTube.