Divulgada nesta sexta-feira, 24, honraria concedida pela Capes - Elsevier destaca o impacto de instituições brasileiras em 13 categorias

A Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre receberá em 5 de dezembro o Prêmio Capes - Elsevier 2023, que reconhece as instituições brasileiras que mais contribuíram para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU) no período 2018-2022. A distinção foi divulgada nesta sexta-feira, 24, pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Ministério da Educação e a empresa editorial Elsevier.

Segundo as entidades, a UFCSPA conquistou a posição de destaque na categoria ODS 10 - Redução das desigualdades. Outras 12 instituições brasileiras também serão reconhecidas durante a premiação em Brasília (DF), além de uma menção especial à Universidade Federal do Sergipe (confira lista completa no final da matéria). De acordo com os dados divulgados pela Elsevier, o ranqueamento das instituições foi realizado a partir de análises da produção científica e métricas obtidas por meio da ferramenta SciVal, que permite acesso agilizado aos resultados de pesquisa de mais de 20 mil instituições em 230 nações ao redor do mundo.

A reitora Lucia Pellanda celebrou a conquista, salientando as contribuições da universidade para o desenvolvimento do país e a redução das desigualdades. "Ficamos muito felizes com o prêmio! No ano passado a UFCSPA também conquistou o prêmio de produção científica que mais impacta as políticas públicas. Isso mostra muito a nossa vocação de contribuição para a sociedade. É a missão da universidade posta em prática, e temos muito orgulho do trabalho que é feito por toda a comunidade universitária", comemorou.

Lista completa de instituições premiadas:

  • ODS 1 - Erradicação da pobreza
    • Universidade Federal de Santa Maria
  • ODS 2 - Fome zero e agricultura sustentável
    • Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
  • ODS 3 - Saúde e bem-estar
    • Fundação Getúlio Vargas
  • ODS 4 - Educação de qualidade
    • Hospital Israelita Albert Einstein
  • ODS 5 - Igualdade de gênero
    • Universidade Federal de Ouro Preto
  • ODS 6 - Água potável e saneamento
    • Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • ODS 7 - Energia limpa e acessível
    • Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
  • ODS 8 - Trabalho decente e crescimento econômico
    • Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
  • ODS 9 – Indústria, inovação infraestrutura
    • Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • ODS 10 - Redução das desigualdades
    • Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre
  • ODS 11 - Cidades e Comunidades Sustentáveis
    • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
  • ODS 12 - Consumo e produção responsáveis
    • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
  • ODS 13 - Ação contra a mudança global do clima
    • Universidade Federal de Itajubá
  • ODS 14 - Vida na água
    • Universidade Federal de Goiás
  • ODS 15 - Vida terrestre
    • Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
  • ODS 16 - Paz, justiça e instituições eficazes
    • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
  • Menção Especial
    • Universidade Federal de Sergipe (destaque nas ODS 1, 3, 5, 10, 12 e 16)