Atividades EaD, estágios e retorno das aulas foram abordados na reunião virtual

Parte da sessão online do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) ocorrida nesta quinta-feira, 23, foi aberta à participação de toda a comunidade. Durante a reunião virtual, a reitora Lucia Pellanda e os pró-reitores responderam a perguntas a respeito do período de excepcionalidade acadêmica. "Este é um momento muito difícil, que gera dúvidas e angústias para todos. Por isto separamos um espaço do Consepe para esclarecer questões técnicas sobre a suspensão do calendário acadêmico", afirmou Lucia.

Antes de atender às perguntas, a reitora deixou uma mensagem de reconhecimento e agradecimento aos membros da comunidade universitária envolvidos nas várias frentes de combate ao Covid-19. "Está ocorrendo um movimento muito bonito na UFCSPA, com vários projetos focados em encontrar soluções para o momento atual. São pessoas mobilizadas com pesquisa, assistência, produção de EPIs e materiais educativos para a sociedade", enumerou. Lucia também celebrou o reconhecimento social da instituição: "A sociedade e os veículos de comunicação têm nos buscado para esclarecer e ajudar neste momento. Isto mostra muito do nosso papel como universidade da saúde".

Entre os diversos temas levantados na reunião, a realização de atividades acadêmicas à distância durante o isolamento foi objeto de várias perguntas dos participantes. A pró-reitora de Graduação, Márcia Rosa da Costa, salientou que os docentes não estão impedidos de disponibilizar materiais digitais aos alunos, entretanto não podem ser prejudicados os discentes com problemas de conectividade ou acesso a ferramentas virtuais. Cursos sobre Ead e ferramentas educacionais digitais estão sendo organizados e disponibilizados à comunidade docente.

A respeito da previsão de retorno às atividades presenciais, a reitora enfatizou que ainda não é possível ter uma definição. "A volta às aulas depende de questões epidemiológicas e decisões do poder público, entretanto já sabemos que, provavelmente, as universidades e escolas serão as últimas a retornarem pois mobilizam um grande número de pessoas nas comunidades", detalhou. Lucia acrescentou que o retorno do funcionamento normal da UFCSPA precisará ser controlado, com medidas para evitar aglomeração e garantir distanciamento físico de alunos, professores e técnico-administrativos.

Em relação à suspensão dos estágios, questão levantada por diversos alunos, a gestora lembrou que a decisão levou em conta as próprias diretrizes de instituições como a Santa Casa, Grupo Hospitalar Conceição e Instituto de Cardiologia. "No primeiro momento, os alunos poderiam atuar nos locais de prática, visto que entendíamos como fundamentais para auxiliar neste momento. Entretanto os próprios hospitais conveniados acabaram liberando os estudantes, visto que não poderiam oferecer EPIs suficientes", explicou. Lucia salientou que aqueles discentes que optem por participar de atividades voluntárias neste período poderão aproveitar, após o retorno à normalidade, o tempo computado para fins de carga horária. 

No final da sessão online do Consepe, a reitora fez um pedido: "Precisamos de muita paciência e compreensão de todos. É um período com demoras nos processos e dificuldades de comunicação pela impossibilidade de falarmos pessoalmente. Queremos resolver as dúvidas e problemas de todos, caso a caso, juntos".