Iniciativa da Associação de Mulheres Cirurgiãs da UFCSPA foi realizada em 24 de novembro nas dependências da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

Itens doados auxiliam na recuperação e bem-estar das pacientes em tratamento de câncer de mama (Nayrani Clausen/Social Media AWS UFCSPA)

No último dia 24 de novembro, as alunas participantes da Associação de Mulheres Cirurgiãs da Medicina UFCSPA (AWS-UFCSPA) realizaram a entrega de porta-drenos e almofadas ao Serviço de Oncologia do Hospital Santa Rita, que integra a Santa Casa da Misericórdia de Porto Alegre. A ação teve como objetivo proporcionar suporte e conforto às pacientes em processo de tratamento de câncer de mama.

Segundo a estudante de Medicina Juliana Maria Macedo, integrante do projeto, a iniciativa surgiu em 2022, quando foi identificada a necessidade das pacientes que passam pelo diagnóstico e tratamento de câncer de mama no serviço de mastologia da Santa Casa. A aluna detalha que, durante a cirurgia de tratamento de câncer de mama, é comum a inserção de um dreno chamado Portovac na área operada, utilizado para a sucção da secreção da ferida, prevenindo complicações como seromas e hematomas.

"As pacientes recebem alta hospitalar com esse dispositivo, que é removido algumas semanas após a cirurgia. Muitas vezes, as pacientes retornam com os drenos acondicionados em sacolas plásticas comuns, mas algumas já voltaram utilizando bolsas de tecido confeccionadas por elas mesmas. Essa prática não apenas facilitou o processo pós-operatório, mas também contribuiu para a recuperação da autoestima dessas pacientes", contextualiza Juliana.

Foi inspirada nessas experiências, explica a acadêmica, que a AWS-UFCSPA decidiu desenvolver o projeto para a confecção dos porta-drenos e almofadas, reconhecendo a importância desses itens para a recuperação e o bem-estar das pacientes em tratamento.

O projeto "Acolhimento às mulheres em processo de tratamento de câncer de mama" foi liderado pelo grupo de alunas do capítulo estudantil da AWS, sob coordenação da professora e cirurgiã oncológica Rosilene Jara Reis. A iniciativa contou também com o apoio do chefe do serviço de Mastologia da Santa Casa, Antonio Dal Pizzol Júnior, e do grupo de extensão Mulheres em Ação, coordenado pelas professoras Adriana Roehe e Cláudia Bica, além da colaboração da artesã Marcia Elisa Reis Hahn.