Ainda há muitas incertezas sobre a transmissibilidade do SARS-CoV-2 em ambientes comerciais, como supermercados e lojas, devido à falta de estudos quantitativos e estudos clínicos. Entretanto, sabe-se que o vírus pode permanecer viável no ar por até 3 horas e que as medidas preventivas como distanciamento físico dos demais clientes e funcionários, higienização das mãos e uso de máscaras são importantes para a não infecção. Questões como o fluxo de ar nos ambientes e condições de umidade e temperatura também podem influenciar a duração das gotículas suspensas no ar ou em superfícies. Para proteção também é importante que mesmo com as mãos higienizadas, as pessoas apenas toquem nos produtos a serem comprados e que sigam os protocolos de higienização, limpeza e descontaminação desses produtos ao chegarem em casa. 

Fonte: Shao S, Zhou D, He R, et al. Risk assessment of airborne transmission of COVID-19 by asymptomatic individuals under different practical settings. Preprint. ArXiv. 2020;arXiv:2007.03645v2.