Pergunte para a Reitoria

Faça sua pergunta de forma totalmente anônima através deste formulário do Google. As questões serão respondidas semanalmente ou conforme a disponibilidade dos respondentes de forma pública nesta página e na página da Reitoria no Facebook.

 Se não tiver problema em se identificar, receba a resposta de forma mais rápida mandando e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Para realização de denúncias e pedido de manutenção no campus da UFCSPA, confira as opções abaixo: 

  • Sobre denúncias
    Os canais adequados para o envio de denúncias na universidade são os listados abaixo. Contate-os:
    • ​Ouvidoria - críticas, elogios e denúncias em geral
    • Comissão de Ética - denúncias sobre questões éticas que envolvam professor, técnico-administrativo ou terceirizado
      ​Não sabe para qual das duas mandar? Saiba mais clicando aqui.

  • Pedidos de manutenção
    Para comunicar problemas de manutenção de infraestrutura em banheiros, salas administrativas ou salas de aula e problemas relacionados à limpeza entre em contato com a Prefeitura do Campus pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

Respostas às Perguntas enviadas 

 

2019 

 

​22. Boa noite, reitora! Sou aluno da pós graduação e a minha pergunta diz respeito aos concursos para docente na Universidade. Existem planos para que os programas de pós graduação da Universidade sejam contemplados nos editais para docente realizados, visto que grande parte dos editais exige doutorado em cursos específicos, não contemplando as áreas capes e os programas da própria instituição? Desde já, agradeço!

​Resposta da Progesp: Todos os concursos são previstos para que o/a docente a ser contratado atenda ao tripé das universidades públicas: ensino, pesquisa e extensão. A definição da área do concurso já contempla o que está definido na Capes, mas está primordialmente em conformidade com as necessidades do Departamento Acadêmico e da instituição. Por óbvio, sempre podemos melhorar as nossas práticas e sugestões são sempre bem-vindas. Uma das medidas que tomamos para tais melhorias foi dar voz aos que realizam o concurso, na prática. Assim, a Progesp instituiu para todos os concursos o envio de um questionário avaliativo ao membros das bancas examinadoras e da comissão administrativa; ferramenta que nos permite compreender quais pontos precisam de melhorias importantes. Quanto aos programas de pós-graduação da UFCSPA, denominados de forma específica, já foi encaminhada a sugestão aos Departamentos Acadêmicos para que seja feita essa análise a cada concurso.

2018

21. Por que as faltas justificadas por atestado médico não são anuladas no sistema, continuando como uma falta corriqueira que pode causar reprovação por falta de frequência? Em escolas, outras universidades, cursos de idiomas, empresas ou mesmo em serviço público elas são justificadas e desconsideradas, por que na UFCSPA isso não ocorre? Se isso ocorre, por que os professores insistem em dizer que atestado médico não justifica falta?

Resposta da Prograd: Existe uma diferença entre abono de falta e justificativa de falta. O abono de falta, que significa reverter o registro de falta, somente é permitido por lei em dois casos específicos: a) convocação militar, conforme o Decreto-Lei n° 715/69; ou b) representação como membro institucional na Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior, de acordo com a Lei n° 10.861/2004.

​A justificativa de falta, por sua vez, significa a apresentação de um documento comprobatório da impossibilidade de estar presente naquele dia e horário por motivo de saúde ou de trabalho, por exemplo. Nesses casos, não é permitido reverter o registro de falta, mas apenas documentar o motivo que levou à necessidade da ausência no período informado pelo documento comprobatório de falta, seja ele um atestado médico, a declaração de um empregador ou qualquer outro documento comprobatório válido para justificar a ocorrência da falta.

20. Bom dia, eu gostaria de saber se a Progesp tem algum plano para a resolução/mediação de conflitos dentro dos departamentos docentes e administrativos. Obrigado.

​Resposta da Progesp: A Progesp tem ações específicas conforme as demandas nos são encaminhadas ou quando elas ocorrem durante nossas práticas. Nosso plano estratégico prevê ações institucionais, em conjunto com a Reitoria, voltadas para o clima organizacional positivo, a cultura da paz e a comunicação não-violenta, dentre outros. De qualquer modo, estamos a disposição para analisar as necessidades que surgirem e para pensar colaborativamente com os departamentos acadêmicos e administrativos em modos efetivos de lidar e superar conflitos, caso esses se instalem.

19. Quanto foi gasto pela UFCSPA na festa do dia das crianças?

Resposta da Reitoria: Um evento tradicional da universidade que ocorre desde 2010, a festa do Dia das Crianças tem como objetivo inserir as famílias no contexto da universidade, promovendo a convivência e a interação da comunidade discente, docente, tecnica-administrativa e terceirizada. A verba para a festa tem origem em uma pequena reserva orçamentária específica para a realização deste tipo de atividades e que não pode ser utilizada para outros fins. O valor necessário para a realização do evento foi complementado com o apoio financeiro da Adufrgs (sindicato dos professores). Todos os gastos da UFCSPA podem ser consultados no Portal da Transparência (http://www.portaltransparencia.gov.br).

18. ​Por que vocês não transmitem as sessões de Consun e Consepe? Vivem gravando vídeos e transmitindo diversas palestras pelo Facebook da UFCSPA/YouTube/site/etc, por que não cumprem essa proposta e fazem como tantas outras universidades, como a UFRGS?

Resposta da Ascom: A universidade não dispõe de equipamento adequado para gravação de vídeo. A única transmissão de evento neste ano (Monja Coen) foi realizada com uma webcam.​

Está em elaboração projeto de aquisição de equipamento de transmissão para os principais auditórios da universidade, ainda sem previsão de conclusão. Com a efetivação deste projeto, os eventos realizados nestes espaços, inclusive as reuniões conjuntas Consun-Consepe, poderão ser transmitidas ao vivo e gravadas.

17. Já há um formato pronto de escalas de horário para o uso do RU? Essa escala poderá ser revista com a comunidade acadêmica?

​Resposta da Proext: O GT RU trabalhou em uma proposta como sugestão e estimativa pesando no número de refeições que serão servidas. No entanto, poderá sim ser revista com a comunidade acadêmica, bem como com o fluxo de funcionamento do RU.

16. Por que a nova gestão não tornou os gastos mais transparentes?

Resposta da Reitoria: Todos os gastos realizados pela universidade estão disponíveis para consulta pública no Portal da Transparência. O Portal da Transparência do Governo Federal é um site de acesso livre, no qual o cidadão pode encontrar informações sobre como o dinheiro público é utilizado, além de se informar sobre assuntos relacionados à gestão pública do Brasil. Acesse: http://www.portaltransparencia.gov.br

​Além disso, a gestão realizou apresentações do orçamento e da previsão de despesas em várias sessões do Consun e também realizou Diálogos sobre o assunto.

 


15. Professor com dedicação exclusiva pode ter consultório?

Resposta da Reitoria: Conforme a Lei 8.112/1991, Art. 117. Ao servidor é proibido: XVIII - exercer quaisquer atividades que sejam incompatíveis com o exercício do cargo ou função e com o horário de trabalho; Por ser profissional de dedicação exclusiva o docente não poderia exercer outras atividades remuneratórias, a não ser aquelas previstas em lei e aprovadas pelo Consepe. Por favor realize denúncia junto à Ouvidoria da universidade: https://www.ufcspa.edu.br/index.php/ouvidoria

 


14. Existe algum lugar no site da UFCSPA que exibe a lista de ex-alunos/curso e ano de formatura?

​Resposta da Reitoria: Não existe, mas pode ser criada. Encaminharemos a sugestão para a Assessoria de Comunicação Social.

 


13. A Monja Cohen falou de graça na UFCSPA ou quanto vai custou?​

Resposta da Reitoria: A palestra da Monja Coen foi realizada de forma totalmente gratuita.

 

​12. Reitora, vai haver ponto facultativo dia 21/9? Pois a data do feriado de Farroupilha é dia 20/9 e muitos de nós estamos organizando para visitar nossas casas e cidades, caso haja. Poderia avisar com antecedência? Obrigada!

Resposta da Reitoria: As “pontes” são previstas desde o início do ano no Calendário Académico pela Prograd Neste ano, as datas previstas foram os dias 30/04, 08/09 e 03/11. Nos dias 21 e 22/09 haverá aulas e expediente administrativo normalmente. Isto foi planejado para não atrasar o final do semestre, considerando a quantidade de feriados e a necessidade de dias letivos prevista em lei.

11. Qual a definição de chefia imediata?
Resposta do DAP: Em conformidade com a Instrução Normativa nº 1, de 31 de agosto de 2018, expedida pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, considera-se chefe imediato a autoridade imediatamente superior ao servidor público.

10. Sobre a avaliação institucional, o resultado é entregue aos professores ou fica só à disposição esperando requerimento? Quem avalia as respostas? De que forma as atividades de ensino se qualificam com a avaliação?

​Resposta da CPA: A avaliação institucional na UFCSPA envolve a análise de 10 dimensões conforme orientado pelo Lei 10.861/2004 que instituiu o Sistema Nacionalde Avaliação da Educação Superior (SINAES).

​Durante o ano de 2017 e início de 2018 a Comissão Própria de Avaliação (CPA) da UFCSPA, junto com a Coordenação de Avaliação Institucional, trabalhou intensamente para reestruturar a avaliação interna na UFCSPA. O resultado pode ser conferido no Plano de Avaliação Institucional 2018-2020, disponível em https://www.ufcspa.edu.br/index.php/plano-e-relatorios-de-avaliacao.

​Em relação a avaliação didático-pedagógica de disciplinas e professores, que está inserida em uma das dimensões do SINAES, será realizada sempre ao final de cada semestre a partir do ano de 2018. Alunos devem responder, de forma voluntária e anônima a dois instrumentos: Avaliação da Disciplina pelo Aluno e Avaliação do Professor pelo Aluno. Professores devem responder, de forma voluntária, ao instrumento de Avaliação da Disciplina pelo Professor.

​A partir de 2018 os professores terão acesso a sua avaliação, após a organização dos dados pela CPA, por meio do Sistema de Avaliação
Institucional https://cpa.ufcspa.edu.br informando login e senha institucionais.

Os dados relativos a avaliação das disciplinas serão organizados pela CPA e disponibilizados às Coordenações de Curso que, junto aos Núcleos Docentes Estruturantes (NDEs), poderão analisá-los para estabelecer, quando necessário, planos de qualificação das atividades de ensino.

Os dados relativos a avaliação de professores serão organizados pela CPA e disponibilizados às Chefias de Departamentos Acadêmicos que, junto ao docente, poderão analisá-los para estabelecer, quando necessário, planos de qualificação das atividades de ensino.
Todo esse processo envolve o trabalho articulado entre CPA, PROGRAD, PROGESP, Coordenações de Curso, NDEs e Chefias de Departamento.

 A avaliação didático-pedagógica de disciplinas e professores possibilitará às Coordenações de Cursos e Departamentos Acadêmicos identificar as potencialidades e as fragilidades do processo educativo na UFCSPA, com vistas a sua qualificação.

​Cabe salientar que a avaliação didático-pedagógica é uma das dimensões avaliadas pelo Avaliação Externa in loco de Instituições de Ensino
Superior (IES) e cursos de graduação, realizada por comissões designadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Os resultados da avaliação constituem referencial básico dos processos de regulação e supervisão da educação superior, neles compreendidos o credenciamento e recredenciamento de IES, bem como a autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento de cursos de graduação.

Os dados sobre a avaliação externa da instituição e dos cursos de graduação podem ser conferidos em
https://www.ufcspa.edu.br/index.php/tempo-real. A comunidade acadêmica e público externo estão convidados a acessar a
página da avaliação institucional (https://www.ufcspa.edu.br/index.php/avaliacao-institucional) para maiores informações sobre o tema.  (links desatualizados)

9. Reitora, existe previsão para renovação do contrato do Uptodate, nos computadores da santa casa? Isso faz falta!!

​Resposta da Proplan: O contrato do Uptodate é exclusivo da Santa Casa (sem nenhuma ingerência por parte da universidade) que antes disponibilizava acesso aos usuários da UFCSPA. Por uma questão de custos, a Santa Casa optou por suspender este acesso.

8. Como se decide quais eventos a vice reitora vai ir no exterior e quem paga essas viagens? Existe verba pública específica pra Isso?

Resposta da Vice-Reitoria: Desde o ano de 2017, o Escritório de Internacionalização da UFCSPA está vinculado ao Gabinete da Vice-Reitoria, que tem por missão auxiliar no desenvolvimento da internacionalização da UFCSPA. Dentre as suas atribuições, este setor tem por objetivo mediar os contatos internacionais e auxiliar no estabelecimento de acordos de cooperação entre a UFCSPA e instituições estrangeiras. Neste sentido, as viagens internacionais realizadas pela vice-reitora, como representante das Relações Internacionais da universidade, são voltadas para eventos sobre a internacionalização da educação superior, com participantes de instituições de ensino superior de todo o mundo, onde são discutidas diversas oportunidades de networking, workshops e plenárias sobre o tema da internacionalização. Além desses eventos, a UFCSPA participa de diversas redes ou associações nacionais e internacionais relacionadas à internacionalização, as quais promovem reuniões anuais entre seus associados. As decisões de participação nestes eventos partem da Reitoria, a partir de uma análise de prioridade em função da agenda proposta pela comissão organizadora do referido evento.

​Em relação ao custeio dessas missões, existe uma verba específica do MEC voltada para a internacionalização, que é o PDU (Programa de Desenvolvimento das Universidades) destinado ao desenvolvimento de ações de internacionalização das universidades. Apesar desta verba ser muito baixa para a demanda que temos, ela auxilia no custeio de inscrições, passagens e diárias para participação em eventos de internacionalização. Além desta verba específica, a universidade também utiliza recursos do custeio para financiar missões de interesse institucional.

​Aproveitamos a oportunidade para ressaltar que, neste ano de 2018, o Escritório de Internacionalização liderou o grupo de trabalho que elaborou o Plano Institucional de Internacionalização da UFCSPA, o qual foi aprovado pelo Conselho Universitário no dia 03 de maio. Você pode acessar o documento na íntegra pelo link https://www.ufcspa.edu.br/ufcspa/institucional/escritorio-internacionalizacao/plano-institucional-internacionalizacao.pdf.

7. O SIEX foi uma plataforma criada para ajudar na unificação de inscrições de evento, no entanto, ela mais fica fora do ar do que qualquer outra coisa, principalmente para os alunos que necessitam cadastrar propostas/ visualizar os inscritos. Aparentemente nada há sendo feito pelo NTI para tentar resolver isso, como que vai ficar?

​Resposta da Pró-Reitoria de Planejamento: O NTI está trabalhando constantemente na melhoria do SIEX e no último mês as instabilidades do sistema foram bem menores. Este fato pode ser constatado pelo grande número de acessos e inscritos nos projetos cadastrados. Em breve não teremos mais momentos de indisponibilidade.

6. É possível criar o espaço do RU no local do atual restaurante Prato Misto?

Resposta da Reitoria: Em 2017, quando assumimos a gestão da universidade, nossa principal preocupação foi a de encontrar um local adequado para a implantação do restaurante universitário. Foi constituída, então, uma comissão destinada a buscar o melhor lugar dentro do nosso campus para a alocação do RU. Desta comissão participaram professores, alunos e técnico-administrativos. O melhor local encontrado foi a área em que se localiza atualmente o setor administrativo, no subsolo do prédio 1. É importante lembrar que a construção do restaurante precisa atender a uma série de normas técnicas e recomendações de segurança. O local onde se situa o Prato Misto foi verificado como inadequado para um RU, devido à movimentação intensa de pessoas e a formação de filas que não permitiriam a adequação do local às exigência de segurança por parte dos Bombeiros. Os profissionais técnicos da área de engenharia e arquitetura da instituição não recomendaram a utilização do local para este fim. 

 

​5. Gostaria de saber se nós, alunos da pós graduação, teremos um novo espaço de estudos, uma vez que a sala 402 do prédio 3, que servia para esse fim, foi desativada sob o pretexto de que a sala era subutilizada. Desde já agradeço. Abraços!

Luis Fernando Ferreira - doutorando do PPG-CR

Resposta da Proplan: Olá, Luis Fernando, a sala 402 não será desativada enquanto não houver a definição de outro local para a realização de estudos. Pode ficar tranquilo, que mesmo que a sala necessite ser utilizada para outros fins, nós nos preocuparemos em disponibilizar outro local para esta finalidade, de modo a não causar nenhum prejuízo para os estudantes da pós-graduação. Por ora, a sala 402 segue disponível. Vale ressaltar que o projeto apresentado pela Reitoria e Comissão de Espaço Fisico aprovado pelo CONSUN prevê o aumento significativo de espaços para estudo, e as obras já começaram. Temporariamente, colocamos mesas e cadeiras em diversos pontos dos predios 2 e 3, em espaços que anteriormente eram subutilizados.

4. Quais medidas serão tomadas em relação aos alunos que entraram incorretamente pela cota de PPI?

Resposta da Prograd: O objetivo das alterações do sistema de matrículas dos candidatos aprovados pelo SiSU para 2018 foi o de assegurar o direito das pessoas que realmente preenchem os critérios para as reservas de vagas. Para pessoas que ingressaram antes desse período, uma forma de identificar as pessoas que possam eventualmente estar ocupando uma vaga indevidamente é através de denúncias da comunidade acadêmica. As mesmas devem ser realizadas para a Ouvidoria da instituição. Os estudantes denunciados serão submetidos a processo de investigação disciplinar, podendo ser desligados do curso, caso seja comprovada a fraude.

 

​3. Como andam as obras do RU?

Resposta da Reitoria: Como a UFCSPA é uma instituição que conta com um campus reduzido, a implantação do RU funciona como um jogo de Tetris. No jogo de Tetris, os blocos vão se encaixando nos espaços disponíveis, de forma que cada fileira preenchida, novos espaços são liberados para a colocação de mais blocos. Assim também ocorre na UFCSPA. Para disponibilizar um local de grandes dimensões para a criação de um restaurante universitário, foi necessário se procurar entre diferentes locais, mesmo alguns que já estavam ocupados. Agora para que se possa transformar o local escolhido – a parte administrativa do subsolo do prédio 1 – em RU é necessário mover todos os setores lá alocados para outras partes da universidade. Mas para distribuí-los, é necessário mover outras salas, laboratórios e setores, assim como ocorre no Tetris. Todas estas alterações exigem obras, de forma que, muitas vezes, uma etapa depende da conclusão da outra para ocorrer. Atualmente, estamos na etapa da realização de obras no 5º andar para a alocação das salas de aula que irão substituir as salas existentes no térreo, que serão liberadas para os setores administrativos. A previsão é de quem em 2019 o RU esteja concluído.

 

 

2. Fui aluno de escola privada durante o ensino médio, entretanto isto não me faz estar em menor situação de risco que os demais estudantes. Ao procurar a assistente social da instituição, a mesma disse que eu não poderia me candidatar as bolsas de auxílio ou semelhantes. Minha pergunta é: Se me encaixo nos padrões socioeconômicos para concorrer a bolsa e comprovo a necessidade do recebimento, ter investido em um melhor ensino médio deveria afetar na minha graduação?

Resposta da Proext: Esta cláusula está na lei do PNAES e a maioria das universidades a utiliza. Vamos estudar o que é possível, mas primeiro a lei e os órgãos de controle determinam que sejam atendidos os alunos que cursaram em escola pública. Talvez não tenhas encontrado essa limitação antes, porque agora houve uma série de mudanças nas orientações dos órgãos de controle. A nossa vontade sempre é a de conceder os auxílios, até porque conhecemos os alunos e sabemos o quanto precisam. Mas existe uma pressão muito grande para diminuir os recursos por causa da PEC do limite dos gastos, e o PNAES é um grande alvo.

​Infelizmente estamos vivendo uma conjuntura muito difícil no nosso país, mas os reitores das universidades federais estão lutando muito por mais recursos para a assistência estudantil.

​É importante recordar que os recursos para assistência estudantil vem do Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES/MEC). Este programa é definido por lei (Decreto Nº 7.234/2010) e sua população-alvo é a de estudantes com renda per capta familiar de até um salário mínimo e meio e, preferencialmente, que tenham cursado o ensino médio em escola pública. Estes critérios são semelhantes aos do ingresso por cotas pelo SISU.

​A UFCSPA precisa atender aos critérios estabelecidos na lei e também presta contas de todos os auxílios concedidos. Recentemente, os órgãos de controle, como a CGU, vêm fazendo auditorias e solicitando a todas as universidades os dados dos estudantes que recebem auxílio e de suas famílias, para assegurar que estes critérios estão sendo cumpridos.

Assim, mesmo entendendo que muitas pessoas têm necessidade de auxílio, neste momento infelizmente não há como modificar esses critérios. Estamos estudando outras formas de bolsas, que não utilizem os recursos do PNAES, dependendo do repasse do orçamento em 2018.

​Outras dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..


1. Recebemos muitas questões sobre a saída do professor Felipe, da Informática Biomédica.

Resposta da Reitoria: O que ocorre é que a posse do professor está sendo decidida pela justiça, e até que a mesma delibere sobre o caso, não é possível o retorno dele às atividades.