Fotografe, lembre e reflita sobre o seu lar e suas memórias

 

Integrando a campanha Conexão Cultura UFCSPA, o Núcleo Cultural convida o público a participar da exposição fotográfica virtual “Memórias de lá, um dia, alguém”, com imagens de objetos que lembram lugares, momentos ou pessoas. Cuide para não fotografar pessoas, e sim coisas que as representam. Descreva em um parágrafo o significado desse item e por que foi escolhido. Nós publicaremos as imagens em nossas redes sociais.

Para muitas pessoas, o lar é um refúgio. É o ambiente que as acolhe na chegada e ampara sua permanência. O conceito faz mais sentido para quem não tem um lar ou vivencia algum sofrimento no que tem. A proteção exercida pela casa é a chave para a solução da atual pandemia, mas não se restringe a este momento. Há muito tempo, as crises migratórias, a busca pela demarcação de terras indígenas, pela reforma agrária, por moradia digna e saneamento básico, por exemplo, demonstram que ter seu lugar é uma necessidade humana fundamental.

O lar pode ser compartilhado por pessoas amadas e contém os objetos envolvidos na manutenção da vida dos indivíduos. Se observada atentamente, a casa expressa quem e como são seus habitantes; conta um pouco das relações entre as pessoas, ou destas com a natureza, o consumo, a cultura, a informação, o saber e outros aspectos materiais e imateriais do mundo. A casa da gente é como uma parte de nós mesmos.

Alguns itens da nossa casa trazem lembranças de pessoas importantes, momentos passados e lugares conhecidos. Há objetos cuja única função é guardar nossas histórias. O antigo avião de brinquedo da filha diz aos pais que o tempo voa. A flauta doce guardada na caixa ressoa o primeiro dia de trabalho do professor. A ilustração de uma artista estrangeira traça o caminho da viagem já feita. Não fossem as memórias, descartaríamos muito do que temos.

Curta as páginas do Núcleo Cultural no Facebook, Instagram e Twitter e envie a foto com seus dados para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. , incluindo: nome do fotógrafo, ocupação e relação com a UFCSPA; título da foto, cidade onde foi tirada, breve descrição e, se quiser, equipamento, filtros ou edições. 

Esta atividade não tem erro ou acerto; preocupe-se apenas em expor ideias e sentimentos. Ao participar, você autoriza o Núcleo Cultural a publicar a imagem em seus veículos, com indicação de autoria.