Curso disponibiliza molde e instruções passo a passo
O curso de Tecnologia em Alimentos disponibiliza um molde e instruções passo a passo para a confecção de máscaras de tecido por parte da população. O material foi elaborado por professores e alunos do curso, que também estão produzindo máscaras de tecido para doação.
 
A ideia surgiu diante da mudança nas recomendações do Ministério da Saúde sobre o uso da proteção respiratória. No entanto, para que não faltem equipamentos para os profissionais de saúde, não é recomendada a compra de máscaras cirúrgicas ou hospitalares. Dessa forma, as máscaras de tecido têm-se mostrado a melhor alternativa para a população em geral, podendo ser fabricadas de forma doméstica e são facilmente higienizáveis com água e sabão.
 
Por outro lado, as máscaras de tecido precisam seguir uma série de recomendações para serem efetivas: precisam ter pelo menos duas camadas de tecido (algodão, tricoline ou TNT são algumas opções) e devem ser ajustadas ao tamanho do rosto. Além disso, precisam ser utilizadas de forma correta, devendo ser trocadas sempre que úmidas, trocadas a cada duas horas e sempre manejadas através do elástico.
 
Além disso, segundo o Ministério da Saúde, a máscara de pano sozinha não protege contra o vírus e só é efetiva se for associada à lavagem frequente das mãos com água e sabão ou higienização com álcool em gel.     
 
*Alerta de Biossegurança: É importante recordar que não há evidências científicas de que as máscaras de tecido protegem da contaminação pelo vírus. 
 
 
Voluntários que estão produzindo máscaras para doação:
 
Fernanda Cechinel Pereira - RS
Maria Isabel Moreira Morais - RS
Josiane Sanches - RS
Jane Sanches - RS
Cheila de Paula - RS
Aida Regina D. de Paula - RS
Vera Beatriz dos Santos - SC