O trabalho foi realizado em parceria com dois médicos emergencistas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

Com o título ‘O perfil das residências de Medicina de Emergência no Brasil’, a pesquisa realizada pelo estudante de Medicina da UFCSPA, Henrique Herpich, em parceria com os médicos emergencistas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) Nayara Monteiro Pinheiro e Márcio da Silveira Rodrigues, foi premiada como melhor trabalho científico no Congresso Brasileiro de Medicina de Emergência. O evento conduzido pela Associação Brasileira de Medicina de Emergência (ABRAMEDE) é o principal da área no país e foi realizado de forma online nos dias 13 a 17 de abril.

O estudo foi iniciado pelo grupo no ano passado e explorou o perfil das residências em Medicina de Emergência, que se tornou especialidade médica apenas em 2016, tendo hoje 46 programas de residência espalhados pelo Brasil. Henrique explica que os há poucos anos era muito raro um estudante de Medicina querendo ser médico emergencista. “Fiquei muito contente com a premiação, principalmente porque ela comemora um resultado muito importante para quem sonha em ser emergencista. Nosso trabalho ser premiado significa que estamos caminhando na direção correta”, completa o estudante do 5º período de Medicina. A pesquisa segue em fase de finalização para publicação, os dados apresentados pela equipe no congresso ainda são preliminares.