“A musicalidade da Voz” é o tema do evento que celebrará, no dia 14 de abril, às 19h, o Dia da Voz na UFCSPA. A atividade, realizada há mais de 10 anos na universidade, desta vez será virtual, no canal do Núcleo Cultural da UFCSPA no YouTube. Gratuita e aberta ao público, objetiva fazer uma interface entre música, voz e fonoaudiologia e demonstrar as relações existentes entre arte e ciência. A transmissão ao vivo contará com a participação de dois convidados: o fonoaudiólogo Alexandre Lira e a cantora Angélica Nascimento.

Alexandre ministrará a palestra “Interfaces entre música, canto e fonoaudiologia: práticas e atuação”. O profissional abordará conceitos relacionados à música e a gêneros e estilos de canto. Refletirá sobre a atuação fonoaudiológica no contexto do aprimoramento e da reabilitação vocal. Angélica fará um relato sobre seu processo de reabilitação vocal, seguido de uma apresentação musical. Devido a um desgaste vocal intenso, a cantora ficou três meses com dificuldade de cantar e falar.

O evento tem coordenação da professora, fonoaudióloga e pesquisadora em voz Mauriceia Cassol, com mediação da fonoaudióloga e doutoranda em Isadora de Oliveira Lemos. A campanha da voz de 2021 é organizada pelo Grupo de estudos e pesquisa A Nossa Voz em Pauta, em conjunto com o Núcleo Cultural – NCULT.

No dia 14, acesse o canal do Núcleo Cultural no Youtube e participe.

Conheça os convidados:

Alexandre Lira

Graduado em Música (UFAL) e Fonoaudiologia (UNCISAL), Alexandre Lira é especialista em voz (Centro de Estudos da Voz -CEV/SP) e mestre em Ciências da Reabilitação (UFCSPA). Após uma longa trajetória na música, Alexandre dedicou-se a reabilitação vocal. Atuou em diversas instituições de reabilitação, atualmente trabalha em clinica com foco em profissionais da voz (cantores, professores e radialistas). Natural de Maceió, reside em Tubarão (SC).

Angélica Nascimento

Com mais de 10 anos de experiência como cantora, Angélica Nascimento, integra um grupo musical e é regente do Coral Infantil da ONG Pilar Consciente (Alagoas). Desde cedo descobriu sua paixão pela música, aprendendo diferentes instrumentos até chegar ao canto. Natural do município de Pilar (Alagoas), atualmente, cursa Serviço Social na Faculdade Uniasselvi (Porto Alegre).